Là-Bas Hotel: Suites de Montagne

Hospedagem pet friendly: como avaliar a estadia para viajar com o pet

Quem ama seus animais de estimação sabe que não existe nada pior que deixá-los sozinhos para realizar uma viagem, não é mesmo? A boa notícia é que existem locais nos quais é permitido construir momentos inesquecíveis com o seu bichinho de estimação, as pousadas pet friendly.

Por isso, pare tudo o que estiver fazendo e aprenda o que precisa analisar antes de viajar com o pet. Afinal, um ser de quatro patas que é tratado como filho e tão amado não deve ser deixado para trás quando se trata de diversão em família.

Para ajudá-los nessa missão, separamos as principais dicas para escolher a melhor hospedagem para o seu bichinho. Anote todas aí!

Segurança para viajar com o pet

Assim como sua intenção é aproveitar ao máximo a viagem, você também quer o melhor para o seu cão ou gato, não é? Por isso, antes de escolher o próximo destino, fique de olho em alguns pontos:

1. Saiba qual é a política do hotel

Embora existam várias opções de hospedagem para levar os seus animais, é preciso conhecer exatamente a política do hotel antes de assinar o contrato de hospedagem.

Esse é o primeiro passo para garantir uma viagem tranquila e livre de imprevistos: avalie o porte do animal permitido, saiba quais são as áreas de livre circulação e releia quantas vezes for necessário todo o conjunto de regras — essa é a maneira mais simples de evitar frustrações e problemas durante a viagem.

2. Avalie a receptividade

Ser bem recebido já na chegada de um hotel é um dos primeiros pontos positivos e atrativos para os hóspedes — e para seus animais de estimação. Veja a maneira como tratam o seu pet, se oferecem mimos, se possuem um programa de atividades especiais para quem deseja viajar com os animais.

Uma dica valiosa nessa etapa é verificar se o local compreende que vocês dois são uma dupla e que os dois devem ser atendidos da melhor maneira durante os dias de hospedagem.

3. Confira a estrutura oferecida pelo hotel

É fundamental saber qual é o tamanho do quarto disponível para vocês, assim como conhecer o espaço destinado para o seu pet realizar suas necessidades fisiológicas, caminhar e brincar.

Se o espaço for muito restrito, vale a pena pesquisar um pouco mais antes de finalizar a escolha.

4. Pense na segurança

Com tanto amor que depositamos nesses animais, é claro que tudo o que queremos é que eles fiquem seguros e livres de todo o perigo, não é mesmo?

Portanto, opte pela hospedagem que melhor atenda às suas necessidades, seguindo a personalidade do seu companheiro de quatro patas: se for um local que tenha outros animais e o seu não for muito sociável, talvez essa não seja uma escolha muito inteligente.

Se o seu pet for muito arteiro e fujão, vale a pena conferir o local da piscina e a proximidade de ruas e avenidas movimentadas. Lembre-se sempre de que, embora o local permita a presença do seu animal, você é responsável pelo controle dele.

5. Peça indicações

Com tantas redes sociais por aí, é muito fácil consultar as opiniões de outras pessoas sobre os mais diversos serviços e produtos. Por isso, busque a opiniões de quem já foi ao local com os seus animais.

E então, parece perfeito não abandonar mais o seu animal sempre que precisar viajar, não é? Viajar com o pet pode ser um dos maiores prazeres da vida de alguém, mas requer algumas precauções.

Para acertar na escolha, confira também os 6 cuidados essenciais para uma viagem com o seu companheiro tão amado e divirta-se!

Baixe nosso eBook